segunda-feira, 17 de abril de 2017

que vai fincando..

esqueceu o lenço
esqueceu o sapato
esqueceu o anel
esqueceu o botão que soltou da blusa
esqueceu a blusa

assim não conseguiu esquecer o beijo,
traçou uma lembrança de caminhos
sobre os meus

y por isso sigo voltando...

porque eu esqueço sempre
y a vida a me lembrar
que o amor
é uma promessa invisível mesmo

que vai ficando
colado na bobice invisível
do nosso sorriso

Nenhum comentário:

Postar um comentário